PORQUE O AMENDOIM É RUIM - Dr. Gabriel Azzini
Alimentação

PORQUE O AMENDOIM É RUIM

By 10 de agosto de 2020agosto 20th, 2020No Comments
Amendoim

No texto de hoje eu quero esclarecer por que o consumo de amendoim em excesso pode trazer riscos à sua saúde. Vejo muita gente viciada em pasta de amendoim, ou mesmo comendo ele crú ou torrado. Vou adiantar que eu também como, porém, moderadamente.

Curiosidade

Antes de mais nada, eu gostaria de falar que o amendoim não é uma oleaginosa e sim uma leguminosa. Muita gente acha que o amendoim é a mesma coisa que amêndoa, nozes, castanha de caju ou castanha-do-pará, mas não é. Estes são oleaginosas e o amendoim é uma leguminosa, assim como o feijão. Portanto, assim como o feijão ele tem uma substancia chamada lectina.

Entendendo a lectina

A lectina é uma substância que, em excesso, é tóxica para nossa saúde. Eu já fiz um vídeo sobre feijão explicando que a lectina do feijão, quando consumido cru, pode até matar alguns animais, como ratos que consumiram feijão branco com alto teor da substância. Porém, você que ferve o seu feijão não precisa ficar preocupado, pois, ao preparar por pelo menos 15 a 20 minutos, a lecitina é eliminada quase que 100%. Só que o amendoim muitas vezes não foi torrado ou não foi fervido com tempo, então pode ter grandes quantidades de lectina que podem fazer mal para sua saúde.

Nem tudo é ruim

O amendoim também possui várias substâncias boas para sua saúde, ele tem uma gordura boa que é o ácido leico, que é o mesmo que encontramos no azeite e na banha de porco que é uma gordura monoinsaturada. Ele também tem vitaminas como vitamina E, B6, minerais nutritivos como o magnésio, que em 100 gramas do alimento pode-se encontrar 40% da necessidade diária, assim como o cobre e o manganês, o qual 60% de sua necessidade diária é suprida.

Então a gente pode considerar que o amendoim é uma substância muito nutritiva. Ele também é muito utilizado em dietas low carb, pois apenas 14% das calorias presentes no amendoim são de carboidratos. Ele possui proteínas, gorduras e poucos carboidratos.

Problemas do amendoim

O maior risco do amendoim é a presença de uma substância chamada aflatoxina. E a B1 é uma das mais importantes, por ser a mais tóxica para o nosso organismo. Essas substâncias são toxinas que são produzidas por fungos que acometem as plantações de amendoim. Existem vários tipos de aflatoxinas e elas estão cientificamente associadas à hepatite, icterícia, diminuir a função do fígado e até causar alguns tipos de câncer neste órgão.

Aflatoxina

Um estudo feito com vários tipos de amendoim, principalmente no estado do Paraná, mostrou que grande parte do amendoim comercializado aqui no Brasil tem uma quantidade da aflatoxina maior do que o permitido por lei. E a fiscalização em nosso país a gente sabe que é uma grande deficiência ainda, apesar das melhoras. É muito difícil fiscalizar toda a produção. Então quem consome amendoim brasileiro pode estar correndo o risco de ingerir grandes quantidades de aflatoxina e, por isso, muitos países acabam não importando o produto.

Para não ter problemas

Uma opção mais saudável para quem gosta de manteiga de amendoim é a manteiga de amêndoas, que é muito mais saudável e tem um risco de contaminação por esse fungo muito menor. Então, tente consumir mais oleaginosas, pois a contaminação costuma ser menor que a do amendoim.

Mas como falei no início, eu também consumo amendoim mas não excessivamente, pois um pequeno consumo não irá fazer mal extremo à saúde.


E se você achou que essa informação é útil para você eu vou pedir para que baixe meu ebook aqui e se inscreva na lista de e-mails aqui para receber conteúdos exclusivos!

Aproveite também para entrar no meu grupo do telegram aqui e ter um contato mais direto comigo.