Vitamina D - Você pode estar precisando! - Dr. Gabriel Azzini
Artigos

Vitamina D – Você pode estar precisando!

By 30 de outubro de 2014 novembro 3rd, 2014 No Comments

16_VitaminDA deficiência de vitamina D afeta mais da metade da população brasileira, geralmente não é diagnosticada, e tem relação com diversos tipos de câncer, hipertensão arterial, doenças cardíacas, diabetes, depressão, fibromialgia, dor muscular, perda de massa óssea e doenças autoimunes como esclerose múltipla.

A vitamina D está quase que totalmente ausente da nossa dieta. Nos últimos 5 anos, eu venho dosando os níveis de vitamina D dos meus pacientes, infelizmente, poucos são os que apresentaram resultados que os possibilitem usufruir de todos os benefícios desta vitamina. Os níveis de referência utilizados no Brasil variam de 20 a 100 ng/ml, no entanto, somente dosagens acima de 50 ng/ml mostraram trazer benefícios em estudos clínicos realizados.
A vitamina D tem um enorme impacto na saúde das nossas células. Ela estimula a diferenciação celular ( o que coloca as células em um estado “anti-câncer”), o que torna esta vitamina num dos mais potentes anticancerígenos, o que explica porque a deficiência de vitamina d está ligada a diversos tipos de câncer, como o de colo do útero, próstata, mama e de ovário.

Sabe-se que 80 a 100% da nossa vitamina D é produzida na nossa pele quando somos expostos ao sol. O problema, é que os raios ultravioletas B são os responsáveis pela sua síntese, e ele só está presente na luz solar de 10h até as 14h. Isto acontece devido a inclinação em que os raios solares atingem a terra. Até mesmo um vidro simples é capaz de bloquear quase a totalidade dos raios Ultravioleta B quando nos expomos ao sol. Um período em torno de 15 minutos de exposição solar nesse horário é capaz de produzir de 10.000 a 20.000 UI de vitamina D. Neste síte você pode ver a quantidade de vitamina D produzida por você de acordo com a sua localização, época do ano, tipo de pele, quantidade de nuvens, tempo de exposição e etc.

Todos devem ser testados quanto aos seus níveis sanguíneos de 25 HO vitamina D, e caso esteja abaixo de 50ng/ml, deve procurar um médico com experiência na área e realizar a suplementação.