QUAL É A MELHOR FORMA DE MAGNÉSIO? - Dr. Gabriel Azzini
Saúde

QUAL É A MELHOR FORMA DE MAGNÉSIO?

By 9 de setembro de 2020No Comments
Magnésio

Hoje eu quero falar com você sobre um dos suplementos mais comuns e que está sendo muito utilizado no Brasil, é o magnésio. Muita gente me pergunta qual o melhor tipo, mas na verdade, eu acredito que não tenha um melhor. Tem tipos de magnésios específicos para cada situação. Mas eu vou falar dos que eu considero que possuem mais qualidade e que podem ajudar você caso estiver precisando deste suplemento para melhorar a sua saúde.

Um estudo americano mostrou que 60% da população dos Estados Unidos é deficiente em magnésio e utiliza menos do que deveria. Se você já fez exame de sangue para medir os níveis de magnésio, saiba que este tipo de exame geralmente não mostra a quantidade de magnésio dentro das suas células, que é aonde a maioria das moléculas ficam. O exame pode acusar a normalidade enquanto você pode estar deficiente há tempos. A maneira mais correta de se medir no sangue é dosar o magnésio dentro das hemácias.

Benefícios

Existem vários benefícios do magnésio e ele é essencial para nossa vida. Ele participa de mais de 300 reações químicas em nosso organismo, entre elas a geração de energia. A mitocôndria para transformar o ADP em ATP precisa se ligar ao magnésio, sendo muito importante para a respiração celular e geração de energia. Além disso ele é muito importante para a produção de hormônios sexuais como por exemplo a testosterona.

Um problema comum em quem está deficiente em magnésio são as cãimbras musculares. Muita gente acha que isso é apenas devido ao potássio, porém se você estiver deficiente em magnésio ele influenciará na contração muscular.

Cãibras

Além disso, é muito importante para a massa óssea. Além do cálcio que você tem nos ossos, o magnésio faz parte da composição em grande quantidade. Se o corpo possui alguma deficiência nessa substância, usará o reservatório ósseo deixando-o mais frágil e propício às fraturas. Também é importante para a saúde das articulações e cartilagens, diminuindo a atividade inflamatória nestes locais.

Eu poderia ficar o dia inteiro falando dos benefícios do magnésio, pois são inúmeros. Auxilia no controle da diabetes, pressão arterial, tratamento da cefaleia e até mesmo para quem sofre de depressão.

Tipos de magnésio

Magnésio

A forma mais comumente encontrada é o cloreto de magnésio. É também uma das formas mais baratas, possui absorção moderada e pode ser utilizado pela maioria das pessoas. Os efeitos negativos dele são a chance de desenvolver diarreia e também o seu sabor horrível, porém existe em forma de cápsulas.

Já o citrato de magnésio é um sal com efeitos superiores ao citado anteriormente. Possui uma utilização mais segura, pois possui uma absorção maior e chances de efeitos colaterais menores. Está diretamente ligado ao ácido cítrico, e é excelente para o organismo.

Entre os magnésios quelados, o meu preferido é o magnésio dimalato. Possui ácido málico, o que ajuda o corpo a ter mais energia e mais disposição.

O magnésio glicina também ligado ao aminoácido homônimo possui uma absorção altíssima. Pode ser utilizado para tratamento de dores articulares ou problemas ósseos, como a osteoporose.

Eu não poderia deixar de falar do magnésio treonato, ligado ao ácido treônico. É um dos magnésios que possuem a maior concentração dentro do cérebro, sendo altamente indicado para combater a cefaleia e problemas ligados ao sistema nervoso central.

O ideal para uso é de duas vezes por dia, pois nosso corpo possui uma capacidade limitada de absorção desta substância.


Se você quer saber mais, baixe meu ebook aqui e se inscreva na lista de e-mails aqui para receber conteúdos exclusivos!

Aproveite também para entrar no meu grupo do telegram aqui e ter um contato mais direto comigo.