COMO ELIMINAR GORDURA DO SEU FÍGADO - Dr. Gabriel Azzini
Saúde

COMO ELIMINAR GORDURA DO SEU FÍGADO

By 12 de junho de 2020 julho 6th, 2020 No Comments

Hoje eu quero discutir com vocês um problema muito comum na vida dos brasileiros, que é a esteatose hepática, ou seja, o depósito de gordura dentro do seu fígado.

Recentemente tive um paciente que conseguiu melhorar muito a sua condição de gordura no fígado e depois de praticamente um ano conseguiu limpar completamente o fígado, no entanto ele não bebia e não usava drogas, seu único problema era o uso excessivo de anti-inflamatórios e analgésicos.

Isso mesmo, esses remédios, que muitas pessoas acham que são inofensivos, podem danificar o seu fígado pelo excesso de uso, contudo ele já estava com o fígado totalmente gorduroso e eu vou lhe explicar como ele conseguiu diminuir a gordura dentro do seu fígado.

Na internet você vai encontrar vários protocolos de limpeza de fígado e de vesícula, porém muitos deles não têm embasamento científico e eu, como médico, tenho que passar o que realmente tem o apoio da ciência.

Eu mesmo já li um desses protocolos e fiz em mim mesmo, posteriormente algumas pedras verdes saíram na evacuação e fiquei muito intrigado sobre a origem dessas pedras.

COMO ELIMINAR A GORDURA DO FÍGADO DE VEZcarboidratos, açúcar, refinados, refrigerante, jejum, gordura no fígado, esteatose hepática

Existe um artigo muito interessante do jornal “The Lancet”, uma das revistas científicas mais respeitadas em todo o mundo, mostrando que essas pedras que saem na evacuação, não contêm cálcio, colesterol ou bilirrubina que são os principais componentes das pedras de vesícula, pedras muito parecidas com as que saem na evacuação também foram sintetizadas em um experimento, apenas juntando suco de limão, azeite de oliva e cloreto de potássio.

Eu acredito que você tem totais condições de conseguir reverter esse processo de esteatose hepática, mas é um processo demorado que não vai acontecer em uma semana, porém mudando a sua alimentação e mudando a suplementação, com certeza, terá um bom resultado.

CARBOIDRATOS

Retire todos os carboidratos refinados, como as farinhas e o açúcar, o álcool por ser extremamente tóxico para o seu fígado e a frutose. Você pode até comer a fruta junto com a fibra, mas do suco de fruta (natural ou industrializado) você tem que fugir.carboidratos, açúcar, refinados, refrigerante, jejum, gordura no fígado

 

Entre no meu grupo do telegram. Aqui

 

MEDICAÇÕES E SUPLEMENTOS

Verifique se você não está tomando algum medicamento que possa prejudicar o seu fígado, como os anti-inflamatórios que dificultam o processo de recuperação.

Existem suplementos muito importantes e o primeiro que eu penso em utilizar é a coenzima Q10, atualmente considero o melhor, além disso você pode utilizar o vinagre de maçã que diminui a produção de gordura e acelera a queima.

Mais um suplemento bastante utilizado é a silimarina. Vários artigos já mostraram que a silimarina acelera o processo de excreção de algumas toxinas pelo seu fígado.

CHÁ E JEJUM INTERMITENTE

O consumo do chá verde tem benefícios comprovados na recuperação do fígado, então tome cuidado caso você tecarboidratos, açúcar, refinados, refrigerante, jejum, gordura no fígado, esteatose hepática, gordura corporalnha algum problema de tireoide, pois o chá verde em excesso pode interferir nos seus hormônios

Sempre procure um especialista pra avaliar a segurança da sua suplementação, ok?

E uma arma importantíssima pra diminuir a gordura no seu fígado é o jejum intermitente, se você não conhece o jejum intermitente acesse o meu canal no youtube, temos vários vídeos sobre o assunto.

Sempre que você come você tem picos de insulina e essa insulina estimula o seu fígado a produzir mais triglicerídeos e a acumular essa gordura, porém com o jejum você mantém a sua insulina baixa e o seu fígado vai metabolizando a gordura que já está ali para que seja utilizada como energia.

Ajuda muito a aumentar o processamento dessa gordura do fígado e a diminuir com o tempo a gordura hepática que é tão prejudicial para o seu organismo.

Baixe meu e-book “Livre de dores” gratuitamente. Aqui